31 janeiro 2011

SAÚDE NO MERCADO

© Dr. Alessandro Loiola


Existe um ditado, oriental eu acredito, que diz que o ser humano é uma espécie estranha: passa metade da vida gastando a saúde para ganhar dinheiro, e então a outra metade gastando o dinheiro para ver se recupera a saúde. Por experiência própria nos ambulatórios da vida, posso lhe dizer que a primeira metade costuma funcionar. Agora, quanto à segunda...

O segredo do sucesso nesta vida não está no que você possui, mas por quanto tempo vai ter aquilo. Afinal de contas, o que todo mundo gostaria mesmo de fazer antes de partir dessa para outra é ficar beeeem velhinho - alguma coisa por volta dos 140 anos, segundo meus modestos cálculos. Mais do que 140 poderia ser interpretado como ganância. Cento e quarenta está de bom tamanho.

Um dos pontos básicos para ter uma caminhada tão longa está na alimentação. E uma alimentação saudável tem início com a escolha de ingredientes saudáveis: se a sua geladeira está recheada de frutas e vegetais frescos, sem dúvida alguma será mais fácil manter aquela dieta em dia e evitar as tentações hipercalóricas.

Para melhorar sua performance na seção de horti-fruti e garantir uma vida longa e produtiva, tente fazer o seguinte:

- As seções de guloseimas são planejadas para sedução. Desde as embalagens até a disposição dos produtos nas prateleiras, todas as iscas estão lá para fisgar sua gula. Se você não tem a força de vontade mais ferrenha deste mundo, um modo de não forrar a sacola de compras com barras de 5 kg de chocolate é simplesmente não aventurar-se fora da seção de frutas, verduras e legumes. Se isso for possível.

- Alimente-se antes de sair para as compras e leve sempre sua lista: corte o estímulo de compras que vem do estômago fazendo um lanche rápido antes mesmo de entrar no supermercado. E ter uma lista previamente elaborada no conforto de casa, de preferência após encher a pança com aquele café da manhã ou almoço, é o complemento ideal para evitar tropeços.

- Sempre lhe disseram que aparência não conta, o que vale é o interior. Mas não leve essa regra ao pé da letra ao escolher vegetais e frutas: prefira aqueles com aparência mais fresca, firme e jovem. Cachos de uvas e caixas de morango podem estar recheados com mofo. Escolha com calma, examine, observe, leve os legumes para tomar um capuccino e converse com eles. E compre apenas a quantidade suficiente para alguns dias ou uma semana.

- Se o supermercado possui uma padaria, aproveite para comprar pães integrais ao invés daqueles feitos apenas com farinhas refinadas.

- As frutas merecem destaque: produzidas pela natureza após milhões de anos de testes, com embalagens biodegradáveis e nutrientes cuidadosamente selecionados, as frutas devem estar no topo da sua lista. Elas possuem a quantidade ideal de calorias em um pacote que inclui vitaminas, sais minerais, antioxidantes e fitoquímicos extremamente benéficos para o seu organismo. Veja a seguir 5 bons exemplos de como as frutas podem ajudar a prolongar seus anos por aqui:

1) MANGA: originária do Sudeste da Ásia, a manga é rica em beta-caroteno, uma fonte indireta de vitamina A, capaz de melhorar a defesa e a saúde da pele, olhos, mucosas, dentes, unhas e cabelos, além de aumentar a resistência para doenças respiratórias (especialmente em crianças). As mangas também são uma excelente fonte de vitamina C, fibras, cálcio, magnésio, fósforo, potássio e empregos para a indústria de fio dental.

2) MELANCIA: pobre em caloria, constituída por 90% de água e rica em licopeno (uma substância capaz de promover a saúde do coração e reduzir o risco de tumores), a melancia também é uma boa fonte de beta-caroteno, vitamina A, B e C, ferro, cálcio e fósforo. Possui propriedades digestivas e auxilia na eliminação de substâncias tóxicas pelos rins.

3) TANGERINA: também conhecida por aí como mexerica, esta fruta cítrica de origem asiática é uma ótima fonte de vitamina A e beta-criptoxantina, capaz de ajudar a reduzir a inflamação da artrite. A tangerina também possui grandes quantidades de luteína (importante para a boa visão) e fibras (que auxiliam o processo digestivo).

4) MAMÃO: originário do sul do México, o mamão é rico em antioxidantes, folato, sais minerais, vitaminas A, B e C. A papaína, uma enzima presente em grandes quantidades no mamão, atua auxiliando na absorção de nutrientes de outros alimentos.

5) UVA: introduzida no Brasil na época da colonização portuguesa, a uva é uma das frutas mais consumidas em todo o mundo. Rica em sais minerais, vitamina B e C, a uva também possui uma elevada concentração de resveratrol, um potente antioxidante natural. Pesquisas mostram que o extrato obtido das sementes possui propriedades antialérgicas e antiinflamatórias.

2 comentários:

martha disse...

adoreeeeeeeeeeeeeiii parabens,pois esclareci todas as minha duvida...
bjs

Cah disse...

Quem cita essa primeira frase do dinheiro X saúde é Dalai Lama se não me engano =)
Gostei também desse texto, parabéns!